You are currently browsing the category archive for the ‘Letras do Chico’ category.

Música: Chico Buarque – Construção (Letra e Vídeo)
chico buarque
“Construção” é uma obra-prima da música brasileira, considerada uma das mais belas e importantes canções da Língua Portuguesa. Note que cada final de verso acaba com uma palavra proparoxítona, que é, em termos de tonicidade, a menos comum em nosso idioma.

“Construção”Chico Buarque

CD: Saiba onde encontrar este CD

Amou daquela vez como se fosse a última
Beijou sua mulher como se fosse a última
E cada filho seu como se fosse o único
E atravessou a rua com seu passo tímido
Subiu a construção como se fosse máquina
Ergueu no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Seus olhos embotados de cimento e lágrima
Sentou pra descansar como se fosse sábado
Comeu feijão com arroz como se fosse um príncipe
Bebeu e soluçou como se fosse um náufrago
Dançou e gargalhou como se ouvisse música
E tropeçou no céu como se fosse um bêbado
E flutuou no ar como se fosse um pássaro
E se acabou no chão feito um pacote flácido
Agonizou no meio do passeio público
Morreu na contramão atrapalhando o tráfego

Amou daquela vez como se fosse o último
Beijou sua mulher como se fosse a única
E cada filho como se fosse o pródigo
E atravessou a rua com seu passo bêbado
Subiu a construção como se fosse sólido
Ergueu no patamar quatro paredes mágicas
Tijolo com tijolo num desenho lógico
Seus olhos embotados de cimento e tráfego
Sentou pra descansar como se fosse um príncipe
Comeu feijão com arroz como se fosse o máximo
Bebeu e soluçou como se fosse máquina
Dançou e gargalhou como se fosse o próximo
E tropeçou no céu como se ouvisse música
E flutuou no ar como se fosse sábado
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Agonizou no meio do passeio náufrago
Morreu na contramão atrapalhando o público

Amou daquela vez como se fosse máquina
Beijou sua mulher como se fosse lógico
Ergueu no patamar quatro paredes flácidas
Sentou pra descansar como se fosse um pássaro
E flutuou no ar como se fosse um príncipe
E se acabou no chão feito um pacote bêbado
Morreu na contra-mão atrapalhando o sábado

Assista ao videoclipe | Watch the video clip
.
Construção | Chico Buarque
.
.

—–
+ Veja também:

.

Os Saltimbancos Trapalhoes Historia de Uma Gata Hollywood Lucinha Lins Chico Buarque
Hollywood & História de Uma Gata
Letras: Chico Buarque
Intérprete: Lucinha Lins
CD: Os Saltimbancos Trapalhões

Hollywood

Ói nós aqui
Ói nós aqui
Hollywood fica
Ali bem perto
Só não vê quem
Tem um olho aberto

Ói nós aqui
Ói nós aqui
Hollywood
É um sonho de cenário
Vi um pau-de-arara
Milionário

E eu que nem sonhava
Conhecer o tal Recife
Pobre saltimbanco
Trapalhão
Hoje sou mocinho
Sou vizinho do xerife
Dou rabo-de-arraia
Em tubarão

Ói nós aqui
Ói nós aqui
Tem de tudo
Nessa Hollywood
Vi um índio
Cheio de saúde

Ói nós aqui
Ói nós aqui
How do you do
Caruaru
I wanna see
Piripipi
Ói nós aqui

Ói nós aqui
Ói nós aqui
Camelôs, malucos
E engraxates
Aproveitem enquanto
O sonho é grátis

Quem há de negar
Que é bom dançar
Que a vida é bela
Neste fabuloso Xanadu
Eu só tenho medo
De amanhã cair da tela
E acordar
Em Nova Iguaçu

Ói nós aqui
Ói nós aqui
How do you do
Banabuiú
I wanna buy
O Paraguai
Hollywood
And me
Ói nós aqui (vixe!)

História de Uma Gata

Me alimentaram
Me acariciaram
Me aliciaram
Me acostumaram

O meu mundo era o apartamento
Detefon, almofada e trato
Todo dia filé-mignon
Ou mesmo um bom filé… de gato
Me diziam, todo momento
Fique em casa, não tome vento
Mas é duro ficar na sua
Quando à luz da lua
Tantos gatos pela rua
Toda a noite vão cantando assim

Nós, gatos, já nascemos pobres
Porém, já nascemos livres
Senhor, senhora ou senhorio
Felino, não reconhecerás

De manhã eu voltei pra casa
Fui barrada na portaria
Sem filé e sem almofada
Por causa da cantoria
Mas agora o meu dia-a-dia
É no meio da gataria
Pela rua virando lata
Eu sou mais eu, mais gata
Numa louca serenata
Que de noite sai cantando assim

Nós, gatos, já nascemos pobres
Porém, já nascemos livres
Senhor, senhora ou senhorio
Felino, não reconhecerás

Assista ao videoclipe | Watch the music video clip
.
Hollywood | Lucinha Lins | Os Saltimbancos Trapalhões
.
.
.
História de Uma Gata | Lucinha Lins | Os Saltimbancos Trapalhões
.
.
.

—–
+ Veja também:


Chico Buarque Paratodos Paratodos Music Videos Video Clip Song Lyrics Videoclipe Video Clipe Letras de Musica Fotos
Paratodos” (1993)
Chico Buarque | Paratodos
Brasil | World

Vídeo com participação de Gal Costa, Djavan,
Dorival Caymmi, Tom Jobim e Daniela Mercury.

O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro

Foi Antonio Brasileiro
Quem soprou esta toada
Que cobri de redondilhas
Pra seguir minha jornada
E com a vista enevoada
Ver o inferno e maravilhas

Nessas tortuosas trilhas
A viola me redime
Creia, ilustre cavalheiro
Contra fel, moléstia, crime
Use Dorival Caymmi
Vá de Jackson do Pandeiro

Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospícios
Moças feito passarinho
Avoando de edifícios
Fume Ari, cheire Vinícius
Beba Nelson Cavaquinho

Para um coração mesquinho
Contra a solidão agreste
Luiz Gonzaga é tiro certo
Pixinguinha é inconteste
Tome Noel, Cartola, Orestes
Caetano e João Gilberto

Viva Erasmo, Ben, Roberto
Gil e Hermeto, palmas para
Todos os instrumentistas
Salve Edu, Bituca, Nara
Gal, Bethania, Rita, Clara
Evoé, jovens à vista

O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Vou na estrada há muitos anos
Sou um artista brasileiro
.

+ Letras de Música | Videoclipes

.

Assista o videoclipe | Watch the video clip

Paratodos | Chico Buarque

.
.
—–
+ Veja também:

.

DESCRICAO
.
Discografia: Chico Buarque de Hollanda (Discography)
.

Chico Buarque de Hollanda . 1966 (letras/lyrics)
Brasil | World
Morte e Vida Severina . 1966 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque de Hollanda – vol.2 . 1967 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque de Hollanda – vol.3 . 1968 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buaque de Hollanda – compacto . 1968 (letras/lyrics)
Brasil | World
Umas e outras – compacto . 1969 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque de Hollanda – compacto . 1969 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque na Itália . 1969 (letras/lyrics)
Brasil | World
Apesar de você – compacto . 1970 (letras/lyrics)
Brasil | World
Per un pugno di samba . 1970 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque de Hollanda – vol.4 . 1970 (letras/lyrics)
Brasil | World
Construção . 1971 (letras/lyrics)
Brasil | World
Quando o carnaval chegar . 1972 (letras/lyrics)
Brasil | World
Caetano e Chico juntos e ao vivo . 1972 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico canta (Calabar)1973 (letras/lyrics)
Brasil | World
Sinal fechado . 1974 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque & Maria Bethânia ao vivo . 1975 (letras/lyrics)
Brasil | World
Meus caros amigos . 1976 (letras/lyrics)
Brasil | World
Cio da Terra – compacto . 1977 (letras/lyrics)
Brasil | World
Os saltimbancos . 1977 (letras/lyrics)
Brasil | World
Gota d’água . 1977 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque . 1978 (letras/lyrics)
Brasil | World
Ópera do Malandro . 1979 (letras/lyrics)
Brasil | World
Vida . 1980 (letras/lyrics)
Brasil | World
Show 1º de Maio – compacto . 1980 (letras/lyrics)
Brasil | World
Almanaque . 1981 (letras/lyrics)
Brasil | World
Saltimbancos Trapalhões . 1981 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque En Español . 1982 (letras/lyrics)
Brasil | World
Para viver um grande amor . 1983 (letras/lyrics)
Brasil | World
O grande circo místico . 1983 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque . 1984 (letras/lyrics)
Brasil | World
O Corsário do rei . 1985 (letras/lyrics)
Brasil | World
Ópera do malandro . 1985 (letras/lyrics)
Brasil | World
Malandro . 1985 (letras/lyrics)
Brasil | World
Melhores momentos de Chico & Caetano . 1986 (letras/lyrics)
Brasil | World
Francisco . 1987 (letras/lyrics)
Brasil | World
Dança da meia-lua . 1988 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque . 1989 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque ao vivo Paris Le Zenith . 1990 (letras/lyrics)
Brasil | World
Paratodos . 1993 (letras/lyrics)
Brasil | World
Uma palavra . 1995 (letras/lyrics)
Brasil | World
Terra . 1997 (letras/lyrics)
Brasil | World
Edu Lobo e Chico Buarque – Álbum de Teatro . 1997 (letras/lyrics)
Brasil | World
As Cidades . 1998 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico ao Vivo . 1999 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico e as cidades (DVD) . 2001
Brasil | World
Cambaio . 2001 (letras/lyrics)
Brasil | World
Box Chico Buarque – Construção . 2002 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico Buarque – Duetos . 2002 (letras/lyrics)
Brasil | World
Chico ou o país da delicadeza perdida (DVD) . 2003 (letras/lyrics)
Brasil | World
Box Francisco – 12 CDs + 2 DVDs . 2004 (letras/lyrics)
Brasil | World
Box Chico Vol.1 – 3 DVDs . 2005
Brasil | World
Chico no cinema . 2005 (letras/lyrics)
Brasil | World
Box Chico Vol.2 – 3 DVDs . 2005
Brasil | World
Box Chico Vol.3 – 3 DVDs . 2005
Brasil | World
Carioca . 2006 (letras/lyrics)
Brasil | World
Box Chico Vol.4 – 3 DVDs . 2006
Brasil | World
Box Chico: A Série – 13 DVDs . 2006
Brasil | World
Carioca ao Vivo . 2007 (letras/lyrics)
Brasil | World
Carioca ao Vivo (DVD) . 2007
Brasil | World

.

—–
+ Veja também:

  • Letra & Vídeo: Chico Buarque | “Tanto Mar”

  • Chico Buarque Construção Tanto Mar Music Videos Video Clip Song Lyrics Videoclipe Video Clipe Letras de Musica Fotos
    Tanto Mar
    Chico Buarque | Construção
    Brasil | World

    Foi bonita a festa, pá
    Fiquei contente
    E inda guardo, renitente
    Um velho cravo para mim

    Já murcharam tua festa, pá
    Mas certamente
    Esqueceram uma semente
    Nalgum canto do jardim

    Sei que há léguas a nos separar
    Tanto mar, tanto mar
    Sei também quanto é preciso, pá
    Navegar, navegar

    Canta a primavera, pá
    Cá estou carente
    Manda novamente
    Algum cheirinho de alecrim

    * Abaixo segue a letra original da canção (primeira versão), vetada pela censura. Gravação editada apenas em Portugal, em 1975:

    Sei que estás em festa, pá
    Fico contente
    E enquanto estou ausente
    Guarda um cravo para mim

    Eu queria estar na festa, pá
    Com a tua gente
    E colher pessoalmente
    Uma flor do teu jardim

    Sei que há léguas a nos separar
    Tanto mar, tanto mar
    Sei também quanto é preciso, pá
    Navegar, navegar

    Lá faz primavera, pá
    Cá estou doente
    Manda urgentemente
    Algum cheirinho de alecrim
    .

    + Cancioneiro | Letras de Músicas | Videoclipes

    .

    Assista o videoclipe | Watch the video clip

    Tanto Mar | Chico Buarque

    .
    .
    —–
    + Veja também:

    .

    Atualizações

    Categorias

    maio 2017
    D S T Q Q S S
    « ago    
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031