Trecho do Livro: Madonna 50 anos – A Biografia do Maior Ídolo da Música Pop | Lucy O´Brien

Livros Madonna 50 anos Lucy O Brien Madonna Like an Icon BooksLivro: Madonna 50 anos

O visual para a turnê Blond Ambition não dava descanso a Madonna. Segundo seu preparador físico na Inglaterra, Jamie Addicoat, para que atingisse uma forma física improvável como aquela, a rotina de exercícios tivera que se tornar insana.

— Madonna estava a ponto de queimar completamente todas as gorduras do corpo — disse ele. — Ela fazia cinco horas de treinamento físico por dia (duas horas de corrida, uma na academia e duas no palco), o que é mais do que a maioria dos atletas profissionais faz. A situação chegou ao ponto de o percentual de gordura de seu corpo cair a um nível muito abaixo do considerado saudável para uma mulher.

Para Madonna, esse era um preço pequeno a pagar por um espetáculo que ela controlava do início ao fim. A concepção de Blond Ambition era inteiramente dela.

— Muitos meses antes da turnê, ela me mostrou um bloco cheio de anotações e desenhos que ela mesma fizera. Madonna concebera tudo sozinha — lembra o diretor de iluminação Peter Morse. — O show era uma versão ao vivo do que estava no bloco de anotações. — Ele admite que foi um desafio: — As cenas mudavam de maneira inacreditável de um cenário para outro. De uma cidade que gira em torno de uma fábrica para uma escadaria bela e enorme; depois surgiam pilastras de verdade, como as de uma catedral. Nada no show era usado duas vezes. Foi um desafio criar um sistema de iluminação que desse conta de tudo aquilo.

Extravagância como essa é algo habitual hoje em dia, mas em 1990, nada parecido tinha sido feito num show de música pop.

— Essa foi uma grande mudança para o público de shows em geral. Ela criou um caminho e uma direção que nunca haviam sido percorridos antes — diz Morse. A jornada das trevas em direção à luz trilhada por Madonna estreou no estádio de Makuhari, no Japão, em abril daquele ano. Desde o início, as pessoas se mostravam curiosas.

As cenas de se*xo e de religião eram tão fortes que quando a turnê chegou a Toronto, a polícia local ameaçou prender Madonna por obscenidade se ela mantivesse aquelas cenas no show. Em resposta, ela apimentou ainda mais a seqüência da mastur*bação. Depois de tanto tumulto, a Polícia Montada canadense manteve certa distância e o show aconteceu sem qualquer transtorno. Na Itália, Madonna também enfrentou resistência. Grupos católicos incentivaram um boicote ao show. Eles foram bem eficientes, pois a Itália foi o único país em que os ingressos para Blond Ambition não se esgotaram.

—–
+ Veja também: