Coluna do Amboni: A Estrada Perdida (Lost Highway) | David Lynch
por Rodrigo Amboni (*)

mais ou menos 10 anos assisti pela primeira vez o filme A Estrada Perdida, de David Lynch. Naquela época o filme causou em mim sensações que seriam impossíveis de descrevê-las. Tive certeza de que pela primeira vez um filme me deixou sem chão, confuso, inquieto, perturbado e extasiado. Queria saber o que tinha acontecido, as peças não se encaixavam apesar do filme terminar parecendo um ciclo fechado.

A história, como criação do homem, pode ser interpretada, manipulada, imaginada e intuída pelo próprio homem. A história pode ser poesia, assim como o filme de Lynch é um labirinto de sensações em forma de espiral, onde a estrada perdida leva em direção a um choque de universos paralelos. Esse universo paralelo é reforçado pelas semelhanças, pelas pistas falsas, pelas coincidências, mas nunca por um encaixe racional perfeito.

Lynch, como poucos, consegue criar uma atmosfera onírica, que beira o insano (daí alguns classificarem sua obra como neo-surrealista) e prende o espectador justamente pelo êxtase que ela causa no mesmo. O mistério, que instiga e inquieta, pouco importa, ele é apenas uma das ferramentas usadas para se chegar a esse êxtase. A preocupação de Lynch está no poder de gerar sensações, no poder de experimentar radicalmente a linguagem, em propor o improvável. Como disse uma vez Horkheimer: “Quando a filosofia da história continua a alimentar a idéia de um sentido nebuloso, mas independente e aparentemente arbitrário da história, que se tenta reproduzir em esquemas, construções lógicas e sistemas, é de se lhe contrapor que existe tanto sentido e razão na face do mundo quanto os homens nele realizarem”.

E é para o mais além que nos leva o caminho da estrada perdida.

* Rodrigo Amboni é cineasta e produtor independente de audiovisual.

Poster A Estrada Perdida Lost Highway David Lynch Filme Movie

A Estrada Perdida

Brasil | World

Ficha Técnica

  • Título Original: Lost Highway
  • Tempo de Duração: 128 minutos
  • Ano de Lançamento (EUA): 1997
  • Estúdio: October Films/CiBy 2000/Asymmetrical Productions/Lost Highway Productions
  • Distribuição: October Films
  • Direção: David Lynch
  • Roteiro: David Lynch e Barry Gifford
  • Produção: Deepak Nayar, Tom Sternberg e Mary Sweeney
  • Música: Angelo Badalamenti
  • Fotografia: Peter Deming
  • Desenho de Produção: Patricia Norris
  • Direção de Arte: Russell J. Smith
  • Figurino: Patricia Norris
  • Edição: Mary Sweeney
  • Efeitos Especiais: POV Special Effects / Michael Burnett Productions Inc.

Elenco

  • Bill Pullman (Fred Madison)
  • Patricia Arquette (Renee Madison / Alice Wakefield)
  • Balthazar Getty (Pete Dayton)
  • Natasha Gregson Wagner (Sheila)
  • Richard Pryor (Arnie)
  • Lucy Butler (Candance Dayton)
  • Michael Massee (Andy)
  • Jack Nance (Phil)
  • Jack Kehler (Guarda Johnny Mack)
  • Henry Rollins (Guarda Henry)
  • Giovanni Ribisi (Steve “V”)
  • Scott Coffey (Teddy)
  • Gary Busey (Bill Dayton)
  • Robert Loggia (Sr. Eddy / Dick Laurent)
  • John Roselius (Al)
  • Louis Eppolito (Ed)
  • Robert Blake (Homem misterioso)
  • David Lynch
  • Marilyn Manson

—–
+ Veja também: