Samuel Johnson

As correntes do hábito são muito fracas para serem sentidas até que estejam muito fortes para serem quebradas.”

Samuel Johnson   (1709-1784)

—–
+ Veja também: